Whey Protein causa acne?

Proteína Whey é um termo usado para designar as proteínas do soro do leite, que é usado como suplemento para aumentar a massa muscular. Muitas pessoas que fazem musculação A Whey contém 6 fatores de crescimento que podem estar relacionados com o acne. Além disso, estudos indicam que há uma associação entre o uso de whey e também caseína com o surgimento ou exacerbação de acne. É algo que é previsível visto que está estudada uma associação entre a quantidade de leite e lacticínios ingeridos e a prevalência de acne.

 IMG_6634

Para quem isto é importante?  Para quem tem acne e vai começar a tomar Whey. Eu desaconselharia essa opção. Para quem está a tomar Whey, se surgirem lesões acneicas com frequência, o melhor é suspender o uso. A todos os outros, como eu, que não têm tido problemas, é só continuar a tomar, para maximizar os efeitos do ginásio!

Higiene do Sono. Como ter um sono profundo e reparador?

O sono é de importância fundamental para o nosso organismo. É o que nos permite recuperar energias e melhorar o sistema imunitário. Mas também é muito importante para a nossa pele. No sono NREM, o sono profundo, são libertadas hormonas de crescimento, como a melatonina, que ajudam a reparar a pele. Para tal, é necessário ter uma boa noite de sono, de sono profundo e reparador. E isso reflete-se na nossa energia, no nosso humor e até na nossa pele!

E o que podemos fazer para potenciar uma boa noite de sono?

Para isso é fundamental fazer uma correta higiene do sono.

  • O quarto deve ter uma temperatura confortável, com uma luz não demasiado forte, para criar um ambiente relaxante.
  • Não levar o telemóvel, o tablet ou o computador para a cama. Um livro ou uma música relaxante são boas opções!
  • Evitar a ingestão de álcool, porque apesar de para muitas pessoas facilitar o adormecer, torna o sono mais leve e menos reparador.
  • Bebidas com cafeína, como o chá verde, o chá preto, coca-cola devem ser evitadas à noite, porque são estimulantes.
  • Evitar fazer refeições muito pesadas à noite. Preferir uma refeição leve, mas não ir para a cama com fome.
  • O exercício físico promove um sono reparador. Mas não deve ser realizado antes de dormir, porque pode ter um efeito estimulante.
  • Tomar um banho de água quente, pois melhora a microcirculação e favorece o relaxamento do corpo e também da mente.

Que alimentos devemos preferir para uma boa noite de sono?

Os chás são uma excelente forma de nos ajudar a relaxar e uma forma de induzir uma boa noite de sono. Chá de valeriana, maracujá, camomila, hipericão [cuidado com o hipericão porque interfere com a pílula], tília são boas opções para beber antes de dormir!

A melatonina que existe em pequenas quantidades em frutos e vegetais como a cebola, a cereja e a banana, em cereais como o milho, a aveia e o arroz, em plantas aromáticas como a hortelã, a verbena, a salva e o tomilho, e no vinho tinto ajuda a ter uma boa noite de sono.

A vitamina B12, presente em produtos de origem animal [vegetarianos têm que fazer suplementação] melhora também o ritmo biológico do organismo.

Alternativas ao Leite! Leite de aveia, amêndoas e arroz!

milk

Muitas pessoas, por opção ou por intolerâncias alimentares, não bebem leite. Eu, sou uma delas. Deixei de beber leite há alguns anos, porque tinha bastantes problemas digestivos, tomava medicamentos para conseguir fazer a digestão e desde que tirei o leite da minha dieta, deixei de tomar medicação e passei a conseguir fazer a digestão normalmente.

Normalmente bebo chá ao pequeno almoço, quando faço papas de aveia uso água, quando como cereais, uso iogurte, mas nos últimos tempos, tem-me apetecido fazer Overnight Oats e precisava de uma alternativa ao leite. E por isso vou falar de algumas alternativas ao leite, porque imagino que haja alguns interessados na matéria. E apesar de lhe darmos o nome de leite são bebidas vegetais e podem ser feitas em casa ou compradas em qualquer supermercado. Quando compramos, devemos ter em atenção o açúcar adicionado!

Leite de Soja

Evitar o leite de soja. É um produto altamente processado. Além disso tem muitos aditivos, como adoçantes. É só ler o rótulo. Para mais informações, sobre o porquê de evitar a soja, ler este artigo.

Leite de Amêndoas

Rico em vitamina D, B e E e em minerais como o manganês, potássio, magnésio e selénio. Baixo teor em hidratos de carbono e não contém gorduras saturadas ou colesterol. Devido a ser feito a partir de amêndoa, é rico em ómegas, importantes para um bom nível de colesterol e para um bom funcionamento cerebral. Adequado para diabéticos e hipertensos. É rico em fibras.
Tem um baixo teor de proteína, logo não deve ser visto como uma fonte de proteína. É alcalino, ao contrário do leite de fonte animal. Por ser um leite de amêndoas, um fruto seco, pode ser uma fonte de alergia, visto que há muitas pessoas alérgicas aos frutos secos.

Leite de Arroz

O leite de arroz tem um baixo potencial alergénico, o que o torna uma boa opção para pessoas com alergias. Tem um elevado teor em hidratos de carbono e não contém gorduras saturadas ou colesterol. Tem um baixo teor em proteína e vitaminas. Por ter um baixo teor em vitaminas e cálcio, a maioria dos leites de arroz que compramos, são enriquecidos com cálcio e vitaminas.

Leite de Aveia

O leite de aveia é muito rico em fibras, vitaminas e minerais. Tem um elevado teor em hidratos de carbono e não contém gorduras saturadas ou colesterol. Tem um baixo teor de proteína, logo não deve ser visto como uma fonte de proteína.

Leite de sementes de girassol

Com alto teor em proteínas e minerais como cálcio, magnésio, fósforo, cobre, zinco e ferro e vitaminas B6, E e K. Um dos mais importantes nutrientes contidos na semente de girassol é o triptofano, um aminoácido capaz de aumentar a produção de serotonina no cérebro, o que é de especial importância em pessoas que sofram de depressão. Tem também elevado poder antioxidante.

 

Açaí, um superalimento!

Quem se interessa por uma alimentação saudável e é adepto de superalimentos de certeza que já ouviu falar em Açaí. Proveniente da América do Sul, é uma baga que contém elevados níveis de antioxidantes, na forma de antocianinas, que são responsáveis pelo seu elevado poder antioxidante. Porque o açaí muitas vezes não está disponível na forma fresca, afinal não vivemos no Brasil, é usualmente vendido em pó, congelado ou em xarope de açaí. É de evitar o consumo na forma de xarope, devido ao seu elevado teor em açúcares adicionados. Tanto em pó como congelado, é excelente para adicionar a uma fruta e fazer um sumo delicioso!

Açaí

Que propriedades tem que o torna um superalimento? Poucas calorias e imensos nutrientes e substâncias fitoterapêuticas que são responsáveis pelas suas propriedades benéficas para a saúde.

Características do Açaí!

  • Protege a pele do fotoenvelhecimento, devido ao seu poder antioxidante e protege de doenças cardíacas, devido ao seu conteúdo em ácido oleico, uma gordura saudável também presente no azeite.
  • Melhora a imunidade, devido ao seu conteúdo em polifenóis.
  • Tem ação anti-inflamatória, reduzindo a expressão de genes envolvidos no processo de dor. Dimui os níveis de inflamação no organismo.
  • Devido ao seu elevado teor em fibra, regula o trânsito intestinal.
  • É uma excelente fonte de energia. Por isso pode ser usado como pré-treino, pós treino, usado em associação com frutas, proteína, mel ou frutos secos.
  • Excelente fonte de proteína, que pode ser usado por todos e especialmente pelos vegetarianos que muitas vezes têm deficit proteico.
  • Elevado teor de Vitaminas C e E [antioxidantes] e vitaminas do complexo B.

Depois das festas: Alimentos detox!

Espero que tenham entrado em 2015 da melhor forma! E que 2015 seja um ano em grande!

Como é natural em alturas de festas, por vezes cometem-se alguns excessos. Demasiada comida, demasiada bebida, poucas horas de sono e pouco exercício físico.

E qual é a melhor forma de começar 2015? Com uma alimentação saudável, exercício físico e desintoxicando dos excessos!

Detox

 

 

Dieta Detox!

Os líquidos e alimentos diuréticos e desintoxicantes devem ser privilegiados. Sumos, água, [muita água!], chás, bem como sopas e cremes são excelentes soluções!

Para quem for mais radical e quiser fazer uma dieta exclusivamente líquida, deve-se lembrar que essa dieta deve ter no máximo a duração de 3 dias, porque a ingestão de proteína, hidratos de carbono e gorduras é insuficiente, levando a que o organismo consuma massa muscular e aumentando a propensão para anemia.

Alimentos desintoxicantes

Agrião

O agrião contém carotenos, luteína e vitamina C, com acção no sistema imunitário e no sistema circulatório, bem como vitaminas B e E, e é muito rico em  ferro. Por ser muito rico em ferro, é um bom aliado para quem sofre de anemia. E por ser muito rico em vitaminas e minerais e pelo seu poder antioxidante, deve ser introduzido frequentemente em saladas e sopas.
O agrião, quando consumido cru, contém substâncias  que suprimem a função tiroidea, levando a um alargamento da tiróide e supressão das hormonas da tiróide. Portanto, pessoas com hipotiroidismo devem evitar consumir agrião cru com frequência!

Ananás/Abacaxi

O ananás e o abacaxi são frutas extremamente diuréticas. Com um elevado teor em água e vitamina C, ajudam a desintoxicar o organismo e melhoram o aspecto da pele. Ajudam também na digestão, devido ao seu elevado teor em bromelaína, que é uma enzima que favorece a eliminação da celulite.

Chá verde 

O Chá verde é uma bebida com efeitos poderosíssimos. Devido ao seu elevado teor em catequinas e outros antioxidantes, ajuda a desintoxicar o organismo. Melhora também o aspecto da pele!

Couve

A couve ajuda na desintoxicação pelo fígado. É antioxidante e rica em vitaminas A e C. Acelera também o trânsito intestinal.

Gengibre

O gengibre estimula o metabolismo e ajuda na microcirculação do organismo e elimina a flatulência.

Hortelã

Erva aromática rica em vitaminas A, B e C. Estimula o sistema digestivo e actua nas más digestões e enfartamentos.

O uso de suplementos de carvão activado, zinco, vitaminas B e cardo mariano, também são benéficos, pois ajudam o fígado a eliminar as toxinas.

Estes são alguns exemplos de alimentos desintoxicantes, que podemos incluir na nossa alimentação regularmente e sempre que precisemos de purificar o nosso organismo!

Red Bull e bebidas energéticas no geral: tão más como as pintam?

Todos nós em algum momento da vida recebemos um email alarmante sobre o Red Bull. E sobre os malefícios para a saúde, principalmente quando misturado com álcool que podia mesmo levar à morte. Portanto, hoje vou falar dos estudos científicos que existem sobre o assunto!

Estudos indicam que os jovens no geral misturam bebidas alcoólicas com bebidas energéticas. É uma prática natural para muitos jovens [e noutros não tão jovens, mas é uma tendência que se verifica maioritariamente nos jovens] sempre que saem à noite.

Quais são os efeitos reais de misturar bebidas energéticas com álcool?

As bebidas energéticas são usadas para melhorar a performance, para aumentar o nível de atenção e de energia. Muitas pessoas bebem este tipo de bebidas sempre que necessitam de se manter acordadas por longos períodos de tempo, para maratonas de estudo e como consumo recreativo, misturado com álcool.

As bebidas energéticas aumentam os efeitos estimulantes do álcool. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o álcool é um depressor do sistema nervoso central, apesar de numa fase inicial ou em pequena quantidade poder ter efeitos estimulantes.

Assim, reduz-se a sonolência e anula-se os efeitos depressivos do álcool.
O problema? A pessoa sente-se com mais energia, menos alcoolizada o que pode levar a que consuma maiores quantidades de álcool ou pelo facto de não se sentir alcoolizada e com energia, pode levar a acidentes de viação ou outro tipo de acidentes. E esse é o problema, o mascarar dos sintomas do álcool.
A pessoa vai bebendo, bebendo e não tem a noção da quantidade de álcool que bebeu, devido à anulação dos efeitos depressivos do álcool, o que pode ter consequências graves.

Quem não deve consumir bebidas energéticas?

Quem tem problemas cardíacos, crianças e adolescentes, grávidas e idosos.

E a que conclusões podemos chegar?

Há uma grande diferença entre consumir um Redbull ou dez Red Bull numa noite. Nestas bebidas com elevadas doses de cafeína, moderação é a palavra-chave.
Quando misturado com álcool [o que é totalmente desaconselhado], deve-se ter em conta que os efeitos do álcool são menos visíveis e que conduzir está completamente fora de questão. Ah, e não é por se sentirem alcoolizados, que devem ou podem beber mais. O álcool está no organismo, os seus efeitos mais visíveis é que estão mascarados!

Queda de Cabelo: causas e tratamentos disponíveis!

Eu sei que está na altura de falar em queda do cabelo quando recebo uma mensagem de uma amiga às 8h da manhã no meu dia de folga a pedir-me para lhe aconselhar um champô para a queda. A partir daí já recebi vários emails a pedir aconselhamento nesta área, portanto está na altura de falar da queda de cabelo e dos tratamentos disponíveis no mercado!

A queda de cabelo é um processo muito complexo. A perda de 50 a 80 cabelos por dia é considerada normal pelos dermatologistas, porque faz parte do ciclo fisiológico do cabelo. A partir de 100 cabelos por dia é que se fala em queda do cabelo, de um ponto de vista dermatológico. Como nenhum de nós anda a contar os cabelos que lhe caem por dia, é quando temos mais cabelos na banheira, na escova, quando passamos as mãos pelos cabelos e vêem mais cabelos que o habitual que falamos em queda de cabelo.

Causas da queda do cabelo:

  • Gravidez
  • Carências nutricionais 
  • Fadiga e stress – depressão, choques emocionais
  • Tratamentos capilares muito agressivos – extensões de cabelo e alisamentos permanentes
  • Mudanças de estação
  • Hereditariedade 
Tratamentos para a Queda do Cabelo
 
Existem vários tipos de tratamentos disponíveis no mercado. Os champõs anti-queda não se podem considerar um tratamento, visto que eles apenas são um complemento ao tratamento e não um tratamento em si.
A maioria dos tratamentos anti-queda resume-se a produtos de aplicação tópica [ampolas, sprays] e produtos de toma oral [cápsulas, comprimidos]. Os tratamentos orais têm a vantagem de também funcionarem para as unhas frágeis.
Para bons resultados, independentemente do tratamento escolhido deve-se manter esse tratamento durante 3 meses.
Queda do Cabelo

 

1. Klorane Sérum Fortificante Anti-Queda. [38,20€].  Sérum antiqueda com complexo activo quinina-cafeína para a queda ocasional e para os cabelos fatigados. Conjugado com a vitamina B5, seleccionada pela sua acção fortificante no cabelo, o sérum fortificante antiqueda penetra na fibra para a hidratar e torná-la mais sólida. O crescimento dos cabelos é reactivado e a queda travada. Aplicar no cabelo seco ou húmido, 10 pulverizações em todo o couro cabeludo, risca por risca e 5 pulverizações em todo o comprimento. Massajar para activar a penetração e, em seguida, pentear. Aplicar 2 a 3 vezes por semana.

2. Ducray Neoptide, Loção antiqueda [38,20€].
Loção para a queda persistente da mulher. Contém tetrapéptido, que favorece o crescimento do cabelo, Ruscus e Nicotinamida que favorecem as trocas de nutrientes com o bolbo capilar.  Tem ainda na sua composição GP4G que é re-energizante.
Aplicar 1x ao dia, 12 pulverizações em todo o couro cabeludo, risca por risca. Massajar para activar a penetração e, em seguida, pentear.

3. Dercos Neogenic 28 Ampolas [84€].
Estas ampolas não são para a queda do cabelo, mas para quem sente que tem falta de cabelo. São indicadas para os homens e mulheres que sofrem de falta de densidade capilar, cujo couro cabeludo é visível.  Contém Stemoxidine a 5%. Os bolbos capilares em fase de inactividade são despertados, permitindo ter 1700 novos cabelos em 3 meses, aumentando assim a densidade capilar.
Aplicar 1 monodose por dia, usando a cânula de massagem. Fazer um tratamento de 3 meses, 1x por ano.
Tem sido um tratamento inovador, completamente diferente do que existia no mercado e os resultados e feedback de quem usa este produto, tem sido o melhor, o que é sempre importante, mas ainda mais num produto que é bastante caro. Os resultados só são visíveis ao fim de 3 meses.

4. Dercos Aminexil Ampolas 18 Monodoses [49,75€].
Ampolas para a queda do cabelo. Existe a versão Homem e Mulher. Contêm Aminexil  conjugado com SP 94, que permite que o cabelo se fixe melhor ao couro cabeludo.  As vitaminas PP e B6 revitalizam e embelezam o cabelo. Contém ainda arginina para estimular a microcirculação sanguínea e favorecer o transporte de nutrientes essenciais ao crescimento do bulbo.
Na queda moderada, usar uma ampola por dia durante 45 dias e depois usar uma ampola 3x por semana durante mais 45 dias, perfazendo assim os 3 meses. Para quem tem uma queda persistente, usar 1 ampola por dia, durante 3 meses.

5. René Furterer Triphasic ATP Intensif.
Contém Ginseng Brasileiro e Óleos de Laranja e Lavanda, que aumentam a microcirculação no bolbo capilar. Contém ainda extrato de Curbicia [presente também nos champôs Curbicia para regular a oleosidade] e Hesperidina que permite que o cabelo se fixe melhor ao couro cabeludo.
Queda de Cabelo
1. Innèov Densilogy [28,95€]. A inovação deste produto reside no facto de impedir o cabelo que caia, ao fixá-lo. Os suplementos anti-queda que existem actuam por estimular o crescimento da fibra capilar e fortificarem-na.  Melhora também o estado quebradiço das unhas.
Associa seis ingredientes como a vitamina D + ómega 3 que pelo seu efeito anti-inflamatório, preservam a membrana de fixação, que é responsável pela fixação do cabelo ou pela queda de cabelo precoce e também zinco,  vitamina C, que melhora a microcirculação e vitamina E e licopeno, que como a vitamina C são anti-oxidantes. Tomar 2 comprimidos por dia.

2. Hexaphane [17,50€].
Associa cistina e metionina, que são aminoácidos essenciais à formação da queratina e óxido de magnésio, agente anti-radicalar, gluconato de zinco que torna a fibra capilar mais resistente e Vitamina B3, B5 e B6.

3. Ecophane pó [39,30€] e comprimidos [26,60€].
Contém cisteína e metionina, que são aminoácidos essenciais à formação da queratina. Tem ainda Vitaminas B5, B6 e Biotina, que são vitaminas essenciais na formação e crescimento do cabelo e unhas, além de zinco e magnésio, que reforçam a coesão das fibras de queratina. Para queda acentuada, preferir o Ecophane pó, que é mais concentrado. Tomar 3 colheres doseadoras por dia. Para queda moderada tomar antes o Ecophane comprimidos, 2 por dia.

Melatonina. Tudo sobre esta super hormona!

A melatonina. Acredito que não seja desconhecida de muitos, pois os suplementos de melatonina são muito falados para combater o jetlag e as insónias. Como a melatonina é uma hormona com funções tão importantes no nosso organismo, hoje vou falar-vos um pouco dela. A melatonina é uma hormona que é produzida maioritariamente na glândula pineal, apesar de outros orgãos produzirem melatonina, como a pele, retina e glândulas salivares. Além de ser um poderoso antioxidante, que retarda o envelhecimento, a melatonina também é um modulador biológico do humor, sono, comportamento sexual e ritmo circadiano.

Baixos níveis de melatonina estão associados à doença de Parkinson, Alzheimer, insónias, epilepsia e também ao desenvolvimento de cataratas. A melatonina é um derivado do triptofano. Esta hormona é produzida durante a noite e o mecanismo que leva à sua produção é inibido pela luz. Fisiologicamente, a secreção de melatonina aumenta pouco depois de começar a escurecer, atinge o seu pico entre as 2 e as 4 horas da manhã e diminui durante a segunda metade da noite.
Estudos demonstraram que os níveis de Melatonina são maiores na mulher, tornando-a mais sensível às mudanças sazonais da luz que os homens. No outono e inverno, a mulher está mais exposta aos distúrbios sazonais psíquicos [depressão, etc.] e a ganho de peso.
O declínio da produção de Melatonina pode ter várias causas, entre elas: desnutrição, interação de drogas e medicamentos, stress e o envelhecimento.

Melatonina como antioxidante

A melatonina sequestra radicais livres e estimula a produção de várias enzimas que também têm actividade antioxidante. A melatonina tem um efeito neuroprotetor em várias doenças, como a epilepsia, doença de Parkinson, Alzheimer, visto que nestas doenças a perda de neurónios e a disfunção mitocondrial está relacionada com os radicais livres.

Melatonina como indutor do sono
A Melatonina prepara e induz o sono e é responsável por um sono reparador e profundo. Com a idade, torna-se mais difícil ter uma boa noite de sono. O sono já não é tão profundo e está-se mais alerta e desperta-se mais vezes. Uma das razões para tal, é a diminuição dos níveis de melatonina com a idade.
A melatonina em suplementos [Valdispert Noite, por ex.] e em medicamentos [Circardin] é usada para tratar a insónia e o sono de má qualidade.
Muitas vezes também-se usa a melatonina para evitar o jet lag. Usualmente é recomendada em adultos que viajam para zonas com um fuso horário diferente em 5 horas, especialmente se essa viagem for feita para este e se já sofreram de jet lag em viagens anteriores.

Fontes Naturais de Melatonina:

A melatonina existe em pequenas quantidades em frutos e vegetais como a cebola, a cereja e a banana, em cereais como o milho, a aveia e o arroz, em plantas aromáticas como a hortelã, a verbena, a salva e o tomilho, e no vinho tinto.

Melancia: Propriedades e Características!

Captura de ecrã 2014-07-25, às 00.14.31

A melancia é um dos frutos de excelência do Verão. Super fresca, extremamente hidratante, tem excelentes propriedades.
90% do seu peso é água. Tem excelentes bons níveis de vitamina A e C e também bons níveis de vitamina B6.
Além disso, a melancia é das frutas e dos vegetais, a que tem níveis mais elevados de licopeno! Curioso, como achamos sempre que é o tomate, o mais rico em licopeno, não é? O licopeno é um antioxidante com elevado poder de captação de radicais livres, protegendo as células de danos celulares [e as células da pele, obviamente!].

Contém citrulina, um aminoácido, que participa no ciclo da Ureia. Pensa-se que a citrulina, estimula a síntese proteica muscular,por se transformar em arginina e estimular a síntese de insulina e também da hormona do crescimento. Por isso, é a que suplementação com citrulina começa a surgir! Estudos indicam que a citrulina diminui o cansaço físico e mental, melhora a recuperação física e aumenta a energia durante o treino, por ser um percursor do ácido nítrico.

Aumenta as defesas, hidrata e é muito baixa em calorias. Contém 70 calorias por 250g. É a fruta ideal, quando se tem desejos de doces!

Por ser 90% de água, é aconselhada para problemas de rins, próstata, vias urinárias, e em caso de obesidade. Ideal também em dietas depurativas e de emagrecimento. Favorece a eliminação de toxinas.

Como escolher uma melancia?

As melancias mais pesadas, que vibram quando se mexe são as melhores! Depois de aberta, deve ser mantida no frigorífico e comida rapidamente!

Beterraba: benefícios e características!

Beetroot.

Eu sou suspeita. Adoro beterraba. Adoro saladas de beterraba e como-a todo o ano. Foi uma das minhas grandes aliadas para vencer a anemia e devido ao seu imenso valor nutricional, merece todo o destaque.

A Beterraba é rica em cálcio, ferro, manganês, potássio e vitaminas A e C. É também uma excelente fonte de ácido fólico e de fibra. Devido ao elevado teor em ferro e ácido fólico, é um alimento importante para quem tem anemia e para as mulheres grávidas.
Os carotenóides e os flavonóides são importantes antioxidantes que também se encontram na beterraba. O que dá a cor à beterraba é o pigmento betacianina, que é um antioxidante que se pensa que pode suprimir a evolução de alguns tipos de cancro.

O sumo de beterraba tem demonstrado em diversos estudos que aumenta a oxigenação muscular durante o exercício, devido ao aumento dos níveis de nitratos, o que leva a uma maior resistência e a uma melhor performance durante o exercício físico.
Além disso, pode ser também consumido por pessoas debilitadas fisicamente, para aumentar a oxigenação e a capacidade de realizar as tarefas diárias.

Devido ao seu elevado teor em fibra, a beterraba melhora o trânsito intestinal e devido ao seu teor em glutamina, melhora a saúde do trato gastrointestinal.

A beterraba aumenta os níveis da glutationa peroxidase, uma enzima extremamente importante na desintoxicação que acontece a nível do fígado.

Em doentes oncológicos, a beterraba ajuda a diminuir os efeitos secundários da quimioterapia, bem como ajuda a desintoxicar o organismo.

O sumo de beterraba fresca é um excelente tonificante e purificador do sangue, e tem-lhe sido atribuído valor como estimulante do fígado e auxiliar da digestão. Para quem não gosta do sabor, pode juntar-lhe sumo de laranja ou cenoura.

Quando se consome beterraba é normal a urina e as fezes ficarem vermelhas, logo, não se assustem!

A minha receita de salada de beterraba!

Eu gosto de comer beterraba cozida em salada. É muito fácil de fazer, pois encontra-se em todos os supermercados beterraba já cozida. Corto-a aos bocadinhos, tempero-a com azeite, vinagre, cebola, flor de sal e alho picado e deixo tomar o sabor dos temperos. Depois adiciono um ovo cozido e mexo muito bem. Também fica muito boa, adicionando também fiambre.